A internet é uma aliada imprescindível principalmente para as empresas do setor logístico. Isso porque essa área exige alta conectividade para assegurar uma comunicação eficiente com as partes envolvidas na execução dos processos operacionais. Assim, investir em tecnologia na logística se tornou imperativo para o sucesso dos negócios.

Nesse cenário, uma novidade que promete impulsionar esse setor é o 5G — próxima geração de internet móvel que vai chegar ao Brasil em 2023 e será dez vezes mais rápida que o 4G, além de oferecer uma cobertura mais ampla e conexões mais estáveis. Mas será que o país e as empresas estão preparados para aderir ao 5G?

Confira tudo o que você deve saber sobre o assunto!

O que é necessário para a área de logística aderir ao 5G?

Apesar de a tecnologia 5G já estar batendo na porta das empresas brasileiras, muitas delas ainda não estão preparadas para fazer o uso do 5G. Para aproveitar os benefícios da nova geração de internet será preciso fazer mudanças estruturais no setor de logística. Veja quais são os requisitos para usar o 5G!

Profissionais preparados para lidar com a nova tecnologia

A tendência é que o 5G crie uma nova onda de comunicações industriais e máquina-a-máquina. Porém, a conexão humana ainda será de extrema importância para o funcionamento da tecnologia.

Contar com as ferramentas apropriadas é indispensável para usufruir da velocidade, latência e cobertura da nova internet.

A tecnologia 5G facilitará a comunicação no processo logístico – Foto: Freepik

Isso só será possível se a empresa tiver um gestor de logística ciente da importância da tecnologia para as atividades internas e externas, atualizado e que conduza a sua equipe no processo de mudança.

 Abordagem preditiva de segurança

Por meio do 5G será viável ampliar o uso de sistemas e criação de serviços, o que desperta o interesse de hackers e pessoas mal-intencionadas.

Diante disso, há que se criar uma abordagem preditiva de segurança, que se baseia em analisar os dados que circulam na sua rede, identificar pontos fracos e definir medidas preventivas de segurança, antes mesmo que um ataque aconteça.

Parcerias com especialistas

Para deixar a empresa pronta para usar a quinta geração de internet, você deverá fazer um investimento significativo de tempo e equipamentos. Caso trabalhe com recursos dispersos e não queira realocá-los, é altamente recomendável estabelecer parcerias com especialistas que farão gerenciamento completo das suas redes.

Como se preparar para o 5G?

Apenas aguardar que as operadoras de internet implantem o 5G e o disponibilizem no mercado é um grande erro. Para sair na frente da concorrência e assegurar que o seu negócio estará preparado para essa novidade, é preciso planejar-se estrategicamente. Acompanhe quais práticas seguir:

  • analise os objetivos da sua empresa e estude o que a ela poderia fazer se não dependesse mais de conexão por fios e contasse com uma internet hiper-rápida;
  • faça uma auditoria de rede para saber qual é a performance e gargalos da sua rede atualmente, o que ajuda a identificar o que precisa ser otimizado para o 5G;
  • crie metas de desenvolvimento para serem alcançadas a curto, médio e longo prazo;
  • reúna-se com os provedores de logística para discutir o que eles pretendem fazer para dar suporte aos seus serviços com a chegada do novo recurso.

Por que é importante adaptar-se ao 5G?

A expectativa é de que o 5G revolucione as atividades logísticas. Afinal, ele permitirá o planejamento e monitoramento das rotas de transporte em tempo real — aspecto que eleva a segurança e confiança do serviço.

O recurso também vai contribuir para o desenvolvimento das smart cities (cidades inteligentes), assim, haverá mais facilidade para, por exemplo, a previsão ou alteração de rotas diante congestionamentos ou acidentes.

Além disso, a tecnologia traz maior controle sobre os armazéns e estoques, já que possibilita o uso da radiofrequência para identificar as cargas e acompanhar os veículos. Portanto, a tecnologia na logística é um diferencial competitivo capaz de alavancar o seu negócio.

Ao adaptar-se ao 5G, a empresa atualiza e moderniza os seus processos operacionais, tornando-os mais precisos e eficientes. O resultado disso é um transporte de carga mais seguro, com entregas com alto padrão de qualidade e clientes satisfeitos.

Como está a preparação da sua empresa para o 5G? Tem alguma dúvida? Deixe o seu comentário abaixo!